Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

All fields are required.

Close Appointment form

Cães auxiliam em sessões de fisioterapia com crianças em SC

icon
Cães auxiliam em sessões de fisioterapia com crianças em SC

No Comments

 

cinoterapia fisioterapia cachorros

O auxílio de cães nos exercícios de fisioterapia tem colaborado para o tratamento de pacientes. Recentemente, fisioterapeutas de Itajaí, no Vale, tem usado os animais no tratamento dos pacientes. “O cachorro ajuda a diversificar as atividades, para auxiliar e melhorar os casos dos pacientes”, explica a fisioterapeuta Vanessa Ghattáz.

Kevin tem nove anos e nasceu com uma deficiência neurológica, que afeta a coordenação motora dos braços e das pernas. Com o auxílio do cachorro, o menino é estimulado a fazer movimentos diferentes. “Ele ama animais, ele gosta muito”, diz a mãe de Kevin, Sirlene Ewers. “Ela é legal, é carinhosa”, explica Kevin.
“É uma questão lúdica, e tem comprovações científicas de que funciona”, explica a bióloga Maria Paula Mellito da Silveira, bióloga da Associação Pequenos Doutores, que trabalha em parceria com a Univali.

Já no Oeste de Santa Catarina, a Polícia Civil está desenvolvendo um projeto semelhante junto à APAE. O projeto de Terapia Assistida por Animais é denominado Cinoterapia. Os cães trabalham como co-terapeutas no tratamento físico, psíquico e emocional dos pacientes, sendo utilizado como instrumento de estimulação essencial para os órgãos sensoriais (visão, audição, olfato e tato), sentido cinestésico e sistema límbico, responsável pelo comportamento emocional e social.

Thor, um pastor alemão de três anos, é um dos cães que está participando dos atendimentos aos pacientes. Ele é usado durante visitas ao local, para recreação e distração das crianças, juntamente com um terapeuta e os guias.

De acordo com o Delegado Regional de Polícia e Coordenador do Canil, Carlos Augusto De Andrade Morbini, “é muito gratificante para a Polícia Civil poder contribuir com um público tão necessitado, no caso das pessoas especiais que precisam do atendimento da APAE, além de aproximar a Polícia da sociedade e mostrar o excelente trabalho que pode ser realizado”.

Fonte: G1

  • Share This

Related Posts

There are currently no articles related to this post.

Submit a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You must be logged in to post a comment.